domingo, 30 de março de 2008

O Enforcado


Não há nada igual a magia...não magia de verdade.
Magia é quando você leva o universo a acreditar numa inacreditável e exorbitante mentira.
Pode crer, sei do que estou falando...contei algumas das boas na minha época.
Como qualquer mentiroso por natureza, passei tempo demais desses últimos tempos tentando encobrir minha pequena trilha de sujeira.
Toda aquela arrogância, auto-confiança montada e conversa fiada...dá dor de cabeça so de pensar a respeito.
Engano em cima de engano, magia em cima de magia...
Rá, que complicada teia tecemos, hein?
É como ser chutado de um bar certa noite e dar de cara com o universo, ali parado, com os braços cruzados, batendo o pé, esperando por uma explicação sua.
De repente, você se atrapalha, contradizendo alguns pequenos espaços em branco das merdas que fez anos atrás....coisas que você se esqueceu completamente.
Desesperadamente, você tenta se recordar quem fez o que pra quem, e quando.
Você se agarra como um louco à primeira coisa que vêm a sua cabeça.
Agora, o universo...percebendo que você está acabado...deliberadamente desabotoa a camisa.
Dá um passo à frente, e te acerta com um soco no queixo...
E você cai por cima dos seus erros, antes que tenha a chance de se defender.
Ai você tenta distraí-lo para mudar o rumo da conversa; "de qualquer jeito você nunca vai adivinhar o que eu fiz!”, você diz,”veja só!”.
E você prossegue, colocando todos os pedaços imprestáveis de si em outro alguém. E então essa pessoa é arrastada pro inferno no seu lugar.
O universo te olha com um ar desconfiado por alguns instantes e então diz, “essa foi boa!”
Mas quando você pensa que está livre pra voltar pra casa....enquanto limpa o sangue do seu lábio com alívio...o filho-da-puta de repente se lembra que você já fez esse tipo de coisa antes.
E aponta, sem meios termos, todas as falhas em seu plano de fuga.
É ai que o real problema começa.
O fato é que você começou uma descida em espiral há muito tempo atrás, e é fácil ficar viciado em adrenalina, não?
Mulheres complicadas, sua droga favorita... Magia, sua foda favorita.
É fácil fechar os olhos para os frios e cruéis fatos da realidade...
...mas nunca é fácil fugir das conseqüências.

8 comentários:

Ellen Fernandes disse...

Estranho como tudo começa, vicio é só o começo, quiserá nós, reles seres humanos entender a brincadeira que o universo faz !!!

Como tudo isso pode passar na cabeça de um homem e acabar do nada?

Oh mais incrivel é como tudo isso é fascinante, se deixar creio q tempo é pouco p filosofar...rs

Uma otima semana...

simone disse...

se deixar envolver pelas suas proprias mentiras ..entao pergunta-se "ATE aonde a consciencia pertuba?" p. mim eh uma forma de auto defesa.. ou seria auto-defesa? (tah vendo.. n assisti aula haUHAUuaAhue)
É sem odio e repulsa q se consegue se despedir de alguma coisa q jah nao que q faça parte da vida.. nao "eh" pra acontecer "vai" acontecer de forma q nem msm voce percebe.. e depois jah tah falando "nossa, villa!"

"por tras d todas as coisas belas existe alguma dor" (Camus)


"de kalker forma vc nao vai descobri o q eu fiz"
(...)
"e assim vc vai colocando as coisas mais impresveis d si em outro alguem"

e.. PONTO FINAL.

Vivi Floripi disse...

'Magia é quando você leva o universo a acreditar numa inacreditável e exorbitante mentira.'
taí uma frase q me fez parar pra pensar...

e não se culpe pelo seu vício... sua droga favorita...

como diz uma música do mundo livre
'para cada satisfeita [mulher]
existe um homem morto...'

as drogas e os vícios sempre t matam querido.
se não d overdose d abstinência.
e vc...
vai morrer d q ???

p.s. adicionei ao meu blog ok.

Sam Lefay disse...

apesar das dificuldade o universo não vai enforcá-lo..
ele pode no máximo, no fim de todas as coisas te dar a corda..
e vc vai continuar andando
beijo.

israel disse...

otimo texto cara..

acho q vou ter uma overdose dessa droga..

e as consequencias .. que se fodam as consequencias..

falou brother.

Sara disse...

Você sabe a raiz do seu problema, mas vc não se desfaz dele pq seria como arrancar o pedaço mais vivo, o sentimento mais puro e incontrolável.

Clementine disse...

não existe forca.
logo nenhum enforcado.

Monochrome. disse...

Hellblazer #100